FOTO: REPRODUÇÃO

Falha na Cadeia Pública de Iguatu: engano liberta traficante

Na sexta-feira (04), uma oficial de justiça se dirige a Cadeia Pública de Iguatu, levando consigo um alvará de soltura para Adriano Soares do Nascimento,24 anos,  preso em fevereiro por homicídio qualificado, quando espancou até a morte Patrício Alves da Silva, numa praça do Bairro Alto do Jucá, na madrugada de segunda-feira (24). O homicida se encontrava recolhido numa das celas do pavilhão dois da unidade carcerária e segundo o diretor Roberto Wilson de Andrade, a oficiala se dirigiu ao pavilhão um, quando terminava o banho de sol e o agente carcerário já estava fechando e foi quando ela mesma chamou o nome do Adriano.

Escrito por Cavalcante Neto
Acessos: 377

Mais artigos...