Os produtores trabalharam nos últimos três dias na retirada do pescado morto, que foi enterrado em valas próximas ao reservatório FOTO: HONÓRIO BARBOSA

Mortandade de peixes causa prejuízo médio de R$ 300 mil no Açude Orós

Nas localidades de Jurema e de Pereiro dos Pedros, na Bacia do Açude Orós, na região Centro-Sul do Ceará, a mortandade de tilápias atingiu cerca de três mil gaiolas, deixando prejuízo para mais de 100 famílias. Os produtores trabalharam nos últimos três dias na retirada do pescado morto, que foi enterrado em valas próximas ao reservatório. A Associação Comunitária de Jurema ainda não tem um balanço do prejuízo financeiro e nem da quantidade de pescado morto, mas estima-se em torno de R$ 300 mil.

Escrito por Juan Carlos
Acessos: 368

Mais artigos...